quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Jardim Botânico do Museu Nacional de História Natural e da Ciência




Já tinhamos visitado o Museu de História Natural de Lisboa, mas nessa visita não tivemos tempo para apreciar toda a beleza do Jardim Botânico. Hoje vou mostrar como é lindo.






O jardim foi projetado no séc. XIX, na antiga cerca do Colégio Real dos Nobres, para apoiar o ensino da Botânica e Princípios de Agricultura na Escola Politécnica. Os trabalhos de construção do jardim estiveram sob a alçada do Conde de Ficalho Francisco Manuel de Melo Breyner e Andrade Corvo. Edmond Goeze foi o jardineiro-paisagista alemão que começou a dirigir a construção do jardim. Goeze concentrou-se na parte superior do Jardim, onde foram plantadas algumas famílias de dicotiledóneas e algumas gimnospérmicas. O seu sucessor, o botânico francês Jules Daveau, em 1876, desenvolveu a zona inferior do jardim, criando o traçado da Alameda das Palmeiras e inventando um sistema de rega dos riachos e cascatas. A sua inauguração foi em 1878 e em 2010 o jardim foi classificado como Monumento Nacional.


 




Aqui podemos observar espécimes vegetais provenientes das mais diferentes partes do Mundo, entre as quais sobressaem Cicadácias, palmeiras e figueiras tropicais. Vejam só como são majestosas estas árvores...





O jardim tem 4 hectares onde se encontram lagos, uma magnifica e luxuriante vegetação e caminhos tranquilos por onde podemos passear e divagar...


 



O borboletário








As flores














No lago toda a suavidade e beleza dos nenúfares








É um espaço lindo que nos permite esquecer por momentos, que estamos no centro da cidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo