quarta-feira, 25 de abril de 2018

Planta-fantasma (Ghost Plant)




Esta interessante planta é originária do México (América do Sul). O seu nome científico é Graptopetalum paraguayense, tendo como nomes comuns Planta-fantasma, planta-pérola, rosa-de-pedra . Pertence à família Crassulaceae.




São plantas herbáceas, perenes e suculentas. As suas folhas em forma de roseta, são carnudas, e a sua cor é cinzento podendo ter tonalidades rosa. O seu nome, Graptopetalum, significa em grego “Pétalas pintadas” pois conforme a exposição ao sol, esta planta apresenta rosáceas azuladas, podendo ir até ao vermelho vivo, passando por cores como o roxo ou verde pálido.





As suas folhas estão cobertas de um pó fosco que desaparece quando passamos a mão como se pode ver na folha que toquei.




As flores são pequeninas brancas e em forma de estrela.





Apreciam sol direto mas também se adaptam a meia sombra, não toleram geadas, os solos devem ser bem drenados. Regar só quando o solo estiver seco, com excesso de água a planta apodrece.





Multiplicam-se divisão da planta, por estaquia dos galhos ou através das folhas que enraizam muito facilmente.




Pode ser utilizada em vasos, floreiras, canteiros, e jardins rochosos.





Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais


As Flores de Hoje



Flores para dar cor e alegria ao nosso dia.













"Aprendi com as Primaveras a me deixar cortar para poder voltar sempre inteira." Cecília Meireles



segunda-feira, 23 de abril de 2018

Flores de Abril




A Primavera a encantar o meu olhar. As lindas flores que vi no meu passeio de hoje. 









"A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la." Cecília Meireles

quinta-feira, 19 de abril de 2018

🌼 Magnólias no meu caminho




Hoje deixo o meu "olhar" pelas lindas Magnólias que encontrei na minha visita a Marvão.







"As flores são os belos hieróglifos da natureza com a qual nos diz o quanto ele nos ama." Johann Wolfgang von Goethe

FLORES em Roxo e Branco




A magia da primavera reflectida nas cores e encanto das flores.

Hoje: O misticismo e magia do Roxo e simplicidade e pureza do Branco



 





Toda primavera é um renascer da natureza do silêncio e quietude do inverno.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Cana-da-índia




Lindas e elegantes, são originárias do continente americano, desde a Carolina do Sul ao norte da Argentina.




Pertencem à família Cannaceae e são conhecidos entre outros nomes populares por: cana-índica, cana-da-índia, beri, bananeirinha-da-índia, bananeirinha-de-jardim, biri. 




É uma planta herbácea, rizomatosa, originada de hibridações e melhoramento com várias espécies.




As suas folhas são firmes, largas e grandes, bastante bonitas, elas podem ser em tons de verde ou arroxeadas. As inflorescências muito vistosas produzem flores grandes vermelhas, amarelas ou alaranjadas.




Deve ser cultivada em solos férteis e sempre ligeiramente húmido mas sem estarem encharcados.




Paisagisticamente é utilizada em maciços, canteiros, bordaduras ou ao longo de muros.




Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais



terça-feira, 17 de abril de 2018

Barrigudinho ou GUPPY




O Barrigudinho (Poecilia reticulate), é um dos peixes tropicais mais distribuídos do mundo e uma das espécies de peixes de aquário de água doce mais populares.


Foto: http://yesofcorsa.com

Foto: http://yesofcorsa.com


Da família dos poecilídeos, este lindo peixe é também conhecido por Peixe arco-íris, Guppy ou lebiste sendo um peixe ornamental de comportamento pacífico.


Foto: http://yesofcorsa.com

Foto: http://yesofcorsa.com


Originário da América Central e América do Sul, foram introduzidos em muitos habitats e encontram-se agora espalhados por todo o mundo. São altamente adaptáveis e prosperam mesmo em condições ambientais e ecológicas difíceis, como em águas poluídas.


Foto: https://onehdwallpaper.com

Foto: http://yesofcorsa.com


Na sua forma original, possui um tom cinzento, porém a partir de cruzamentos em cativeiro costuma adquirir cores fortes, dos mais variados tipos. A partir daí, existem diversas "raças", ou "matrizes", que são comercializadas.


Foto: www.directoryofshareware.com

Foto: http://animalli.com


Espalhadas por vários países de clima tropical ou subtropical, existem também populações de guppies, formadas a partir de peixes que escaparam para a natureza ou que foram deliberadamente introduzidos, para ajudar a combater a doença da malária (entre as principais fontes de alimento dos guppies encontram-se as larvas de mosquito).


Foto: http://yesofcorsa.com

Foto: http://animalli.com


No seu ambiente natural, na América do Sul e no Caribe, os guppies são normalmente encontrados em populações isoladas, habitando pequenos riachos e lagos de diversos tamanhos.


Foto: http:// tophdimgs.com


A variedade de padrões e cores é enorme entre as várias populações, inclusive, em linhagens albinas. Os que partilham o seu habitat com espécies de peixes predadores têm normalmente cores menos vívidas, enquanto que os que não têm de lidar com esse problema têm cores mais exuberantes. Na reprodução, os genes de peixes mais ou menos coloridos são favorecidos de acordo com este tipo de factores.


Foto: www.directoryofshareware.com


Texto: Wikipedia
Fotos: Wikipedia; http://yesofcorsa.com; http://animalli.com; http://animalsbirds.com; http://www.directoryofshareware.com; https://onehdwallpaper.com; http:// tophdimgs.com
Topo