sábado, 31 de março de 2018

Sinais da Primavera



  Andorinhas e Flores  









Cada primavera é um novo começar, onde a natureza nos brinda com os seus aromas, cor, harmonia e beleza.

quinta-feira, 29 de março de 2018

Flores da Primavera




Ontem 20 de março foi o início da primavera no Hemisfério Norte. Para celebrar a sua chegada deixo as flores que hoje encontrei no meu caminho.



Lírio








Aster





Que o renascer da natureza e o encanto das flores possam alegrar e colorir a vida de todos nós.

Fotos: Pessoais


Flores Silvestres - Corriola - Convolvulus arvensis




As suas flores são simples e belas.




São planta herbáceas perenes com características trepadoras.




Originários da Europa e da Ásia, pertencem à família Convolvulaceae, uma família de cerca de 60 géneros e mais de 1.650 espécies de trepadeiras na sua maioria herbáceas.





É conhecida entre outros nomes comuns por: corriola, corriola-campestre, corriola-mansa, erva-garriola, estende-braços, engatateira, garriola, trepa-trepa, verdeselha, bons-dias, madrugadas,




As suas flores são geralmente solitárias, em forma de trompete, com 1-2,5 cm de diâmetro, branco ou rosa pálido, com cinco listras radiais rosa ligeiramente mais escuras. Os caules destas plantas são geralmente sinuosos, daí o seu nome latino (de convolvere, "ao vento").





Apesar de produzir flores atraentes, muitas vezes é indesejável nos jardins pois como é uma erva daninha devido ao seu crescimento rápido, asfixia as plantas cultivadas.




São plantas que normalmente habitam bermas das estradas, pastagens e campos. Os seus densos tapetes invadem campos agrícolas e reduzem o rendimento das culturas.




Texto explicativo: Wikipedia;
Fotos: Pessoais

segunda-feira, 26 de março de 2018

🌹 Calcitrapa (Centranthus calcitrapae) - Flores Silvestres




A Centranthus calcitrapae é uma espécie de planta com flor pertencente à família Valerianaceae.




Nasce nas bermas dos caminhos, em terrenos cultivados ou incultos, em pinhais, matas e bosques.






Fotos: Pessoais

sexta-feira, 23 de março de 2018

Jambo Rosa




Na minha viagem a Macau encontrei no Jardim da Flora, uma árvore que nunca tinha visto antes, com uns frutos deveras interessantes. Aqui deixo os meus cliques dos frutos do Jambeiro (Syzygium jambos).

🌳Jambo Rosa



O Jambeiro (Syzygium jambos) é originário da Ásia e pertence ao género Syzygium e à família Myrtaceae. Esta árvore pode ultrapassar os 20 metros de altura. 



Os seus frutos são em forma de pêra, com casca lisa e cerosa, rosada, esbranquiçada, amarela ou laranja-amarelada.






Fotos: Pessoais


Siprarea Nipponica 'Snowmound'




É um prazer observar a imensidão de flores das Siprarea Nipponica ( nome científico ).





Da família Rosaceae é um arbusto que pode atingir 2 meros de altura, muito ramificado, e com longos ramos curvados.





As suas flores parece que formam uma espiga pendente e são de cor branca..





É originária do Japão.




Deve ser cultivada a pleno sol, em terreno bem drenado e com regas regulares. Fica linda quando plantada isoladamente, mas também pode ser utilizada para formar cercas.





Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais

quinta-feira, 22 de março de 2018

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Esta interessante planta é originária do México (América do Sul).


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


O seu nome científico é Graptopetalum paraguayense, tendo como nomes comuns Planta-fantasma, planta-pérola, rosa-de-pedra . Pertence à família Crassulaceae.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


As Planta-Fantasma são plantas herbáceas, perenes e suculentas. As suas folhas em forma de roseta, são carnudas, e a sua cor é cinzento podendo ter tonalidades rosa. O seu nome, Graptopetalum, significa em grego “Pétalas pintadas” pois conforme a exposição ao sol, esta planta apresenta rosáceas azuladas, podendo ir até ao vermelho vivo, passando por cores como o roxo ou verde pálido.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


As suas folhas estão cobertas de um pó fosco que desaparece quando passamos a mão como se pode ver na folha que toquei.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


As flores são pequeninas brancas e em forma de estrela.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Apreciam sol direto mas também se adaptam a meia sombra, não toleram geadas, os solos devem ser bem drenados. Regar só quando o solo estiver seco, com excesso de água a planta apodrece.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Multiplicam-se divisão da planta, por estaquia dos galhos ou através das folhas que enraizam muito facilmente.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Pode ser utilizada em vasos, floreiras, canteiros, e jardins rochosos.


Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)

Planta-Fantasma (Graptopetalum paraguayense)


Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais


Topo