18/09/2021

💐 Encanto e Beleza das Flores da Tailândia





A natureza é extraordinária. Que a cor e beleza delicada das flores encantem o seu olhar, que o seu perfume inebrie os seus sentidos e que ao observá-las, consiga esquecer tudo e o seu coração possa  encontrar a paz interior.

Olhares vindos do baú das recordações da viagem à Tailândia ....

Flores - Maravilhas da Natureza
















Fotos: Pessoais


Ler o post completo

11/09/2021

O Lindo Papagaio Ecletus





Dos meus passeios ao Jardim Zoológico de Lisboa, deixo hoje como estrela dos meus cliques fotográficos:

Papagaio Eclectus



Nome Científico: Eclectus Roratus
Ordem: Psittaciformes
Família: Psittacidae




É nativo das ilhas do Pacífico, principalmente da Ilha Moluccas (Indonésia), Norte da Austrália e Nova Guiné. Habita em florestas, savanas arborizadas e zonas de cultivo. A espécie apresenta diformismo sexual, tendo as fêmeas plumagem vermelha e azul e os machos plumagem verde escuro.




A sua alimentação é composta por sementes, frutos e plantas. Nidificam em troncos ocos das árvores, podendo na mesma árvore nidificar até 4 casais. Os membros do bando ajudam-se nos cuidados necessários para a criação dos jovens. Têm uma expectativa de vida média entre os 30-50 anos.




Texto explicativo: Wikipedia, www.zoo.pt
Fotos: Pessoais


Ler o post completo

04/09/2021

🍁 Calliandra ou Arbusto-chama




Calliandra ou Arbusto-chama


A Calliandra, pertence à família Fabaceae, é originária da Bolivia e Brasil estando estas espécies presentes na Ásia, África, América do Norte, América Central, América do Sul e Austrália. Têm entre outros nomes comuns: Arbusto-chama, Diadema, Esponjinha, Esponjinha-vermelha, Mandararé, Topete-de-pavão.




É uma planta arbustiva perene, lenhosa e muito florífera. Apresenta caule ramificado e folhas compostas, bipinadas e opostas, com folíolo pequenos, de cor verde escura. Sem poda, ela cria ramos longos e finos. As inflorescências tem formato globoso, dependendo da espécie as flores podem ser de cor branca ou vermelhas e são caracterizadas por longos e sedosos estames, que dão ao conjunto da inflorescência um aspecto de pompom.


Calliandra - Esponjinha Vermelha

Calliandra - Esponjinha Vermelha


Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, drenável, sem cuidados especiais pois é bastante rústica. As podas de formação estimulam o adensamento da planta. Multiplica-se por estacas e sementes e é tolerante ao frio.


Calliandra - Esponjinha Vermelha


É muito ornamental, podendo em paisagismo ser utilizada para formar cercas ou como planta isolada.


Calliandra - Esponjinha Vermelha


Texto explicativo: Wikipedia
Fotos Pessoais de visita à Tailândia

Ler o post completo

28/08/2021

FLORES e Pensamentos




Para colorir o nosso dia, deixo hoje alguns "olhares" sobre ...


Flores e Pensamentos







"Se pudéssemos ver o milagre duma simples flor, toda a nossa vida mudaria." (Buda)






"Determinada flor é, em primeiro lugar, uma renúncia a todas as outras flores. E, no entanto, só com esta condição é bela." (Antoine de Saint-Exupéry)





"Olhei a vida pelas lentes das flores e, dentro de mim, floresceu um jardim de esperança." (Dell Delambre)






"A terra é insultada e oferece as suas flores como resposta." (Rabindranath Tagore)





"Se você olhar de perto uma flor, todo o mundo está na sua frente." (Georgia O'Keeffe)



Fotos: Pessoais

Ler o post completo

21/08/2021

Cegonhas-brancas (Ciconia ciconia)




Da minha última visita ao Alentejo, deixo hoje alguns "olhares" sobre estas lindas e elegantes aves.


Cegonhas






As cegonhas pertencem à família Ciconiidae sendo a família composta por 19 espécies. As que observamos são Cegonhas-brancas (Ciconia ciconia). A sua plumagem é branca tendo partes pretas nas asas. O seu bico e pernas são longos e vermelhos. Vivem em locais como campos abertos, margens de lagos e lagoas, zonas pantanosas, prados húmidos, várzeas, cidades, pântanos, pastagens e falésias. Estas têm os seus ninhos junto à estrada e sempre que vamos ao Alentejo paramos ali para as observar.





São aves de médio a grande porte, com pernas, pescoço e bicos compridos. Têm cerca de 1 metro de altura e 3 kg de peso. Animais migratórios e monogâmicos, as cegonhas não têm siringe e por isso não emitem sons vocais, emitem sons batendo com os bicos, actividade a que se dá o nome de gloterar.






A sua dieta alimentar é composta de rãs, lagartos, cigarras, cobras, insectos, minhocas, peixes e pequenos mamiferos.





Põem cerca de 3 a 5 ovos, a sua incubação é de 20 a 30 dias, as crias são indefesas e penugentas.
Pelo que deu para observar estas cegonhas ainda não tinham "filhotes".





Ler o post completo

14/08/2021

🌻 Cássia-imperial (Golden Shower Tree)




Hoje vamos apreciar e conhecer um pouco mais sobre a linda árvore ...

 Cássia-imperial (Golden Shower Tree) 





A Cássia-imperial (Golden Shower Tree) é uma árvore da família das fabáceas, subfamília Caesalpinioideae, com origem no Sudeste da Ásia. O seu nome cientifico é  Cássia Fístula e é conhecida popularmente como Chuva de Ouro, Cássia Fístula e Cássia Imperial.


Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)

Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)


É uma árvore de crescimento rápido, que atinge um porte de 5 a 10 metros de altura. Tem uma copa arredondada que pode atingir cerca de 4 metros de diâmetro.  As suas folhas são pequenas e caducas.


Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)


Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)


A floração  é espectacular e decorre entre dezembro e abril, surgindo belíssimos cachos de flores douradas.


Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)


Com uma floração incrivelmente linda, a cássia-imperial é muito apreciada como árvore ornamental.   Na Tailândia encontrámos a Cássia-Imperial, ao longo das estradas, em jardins e junto a Templos.


Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)

Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)

Cássia-imperial ou Chuva de Ouro (Golden Shower Tree)


Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais de Visita à Tailândia


Ler o post completo
Topo