segunda-feira, 17 de julho de 2017

Divagando com Joaninhas




Sempre achei as joaninhas um insecto simpático e elas sempre faziam parte das histórias da minha infância. Elas são símbolo de serenidade, sorte e felicidade. Lindas e de muitas cores ao alimentarem-se de insectos prejudiciais às plantas, tal como pulgões, mosca-branca ou cochonilhas, elas diminuem o número de pragas que destroem as plantações, ajudando assim a natureza. Hoje vamos divagar apreciando Joaninhas e refletindo com alguns Pensamentos. 




“A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância.”(Dalai Lama)




"A natureza deve ser considerada como um todo, mas deve ser estudada em detalhe." (Mário Bunge)




“Todos nós temos o extraordinário codificado dentro de nós, esperando para ser liberatado.” Jean Houston




“O mundo muda constantemente, e, na Natureza, ser constante seria uma inconstância.” Abraham Cowley 




“Um único evento pode despertar dentro de nós um estranho totalmente desconhecido.” Antoine De Saint Exupery




"Toda a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa que convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso." (Tsai Chih Chung) 




"A Natureza revela-se como força potentíssima, majestade inesgotável de energias que usa de grande variedade na sua ordem e na criação das coisas." (Duarte Pacheco) 




"Os nossos caminhos são inumeráveis, mas incertas são as nossas estadias." (Saint-John Perse)




“A verdadeira profissão do homem é encontrar o caminho para si mesmo.” Hermann Hesse




“As pessoas gastam uma vida inteira buscando pela felicidade; procurando pela paz. Elas perseguem sonhos vãos, vícios, religiões, e até mesmo outras pessoas, na esperança de preencherem o vazio que as atormenta. A ironia é que o único lugar onde elas precisavam procurar era sempre dentro de si mesmas.” Ramona L. Anderson 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo