sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Amaryllis belladonna



Amaryllis belladonna


Com lindas e perfumadas flores de cor rosa, a Amaryllis belladonna é um género botânico pertencente à família Amaryllidaceae.





Originária da África do Sul, é conhecida entre outros nomes comuns por beladona-falsa, meninas-pra-escola ou Sogras e Noras.




É uma planta herbácea, bolbosa, desenvolve-se a partir de um bolbo arredondado, semelhante a uma cebola, de 5 a 10 cm de diâmetro, revestido por escamas acastanhadas. O bolbo instala-se próximo da superfície do solo e apresenta taxa de crescimento moderada, mantendo-se activo durante múltiplos anos.





As folhas são simples, de coloração verde a verde-escuro, baças, lineares a sublanceoladas, paralelinervadas, com 30 a 50 cm de comprimento e 2 a 3 cm de largura, com desenvolvimento basípeto, agrupadas em duas filas opostas. As folhas surgem Março e mantêm-se alguns meses sem flor, depois secam o que marca a entrada em dormência do bolbo . A partir de Setembro surge uma haste com a linda e aromática flor da Amaryllis que nasce sem a planta ter uma única folha. 





As flores perfumadas são vistosas, têm o formato de sinos e aparecem sazonalmente, logo após as primeiras chuvas e antes das folhas, em hastes entre os 50-60 cm de cor castanho-avermelhado brilhante. Cada inflorescência pode conter de 2 a 12 flores e tende a orientar-se na direcção em que recebe mais iluminação solar. Têm até 10 cm de comprimento e corola com 8 cm de diâmetro, exibindo-se em cores pálidas, inicialmente tendendo para o rosa-claro, escurecem para o rosa-escuro ou vermelho com o envelhecimento.






A flor emite um odor agradável, mais intenso ao anoitecer. As flores são hermafroditas, com os 6 estames e estilete fortemente encurvados para cima. 





Não sendo uma planta muito exigente , gosta de semi-sombra também apreciando o sol pleno, é muito resistente à secura, permanecendo dormente até a humidade no solo permitir o seu desenvolvimento.





Podem ser utilizadas em bordaduras, maciços, vasos ou jardineiras. A sua delicadeza e as cores suaves de suas flores trazem paz e sofisticação ao jardim.






Atenção: Todas as partes da planta contêm alcalóides tóxicos, sendo que a maior concentração ocorre no bolbo e nas sementes.





Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo