sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Jacarandá-mimoso




Jacarandá é uma árvore ornamental com flores lindíssimas, que deleitam o nosso olhar quer quando estão na árvore e quer quando formam tapetes de cor e encanto.

Existem cerca de 100 espécies diferentes, que variam em tamanho de um arbusto a uma árvore, atingindo entre 2 m e 30 m de altura. Nativa das regiões tropicais e subtropicais da América Latina, encontra-se em quase todas as regiões de clima temperado.




Uma das éspecies, mais conhecida, o jacarandá-mimoso (Jacaranda mimosifolia, D. Don) é nativo da Argentina e Bolívia, e encontra-se ameaçada no seu habitat natural.

Muitos países utilizam o jacarandá-mimoso na arborização de grandes cidades.




O jacarandá-mimoso pode atingir um porte até 15 m de altura, a sua copa é rala, podendo ser arredondada ou irregular, tem folhagem delicada, podem ser decíduas ou semi-decíduas. O seu caule, 30 a 40 cm de diâmetro, é um pouco retorcido, com casca clara e lisa quando jovem, que gradativamente vai se tornando áspera e escura com a idade.




As folhas, que medem 40 cm de comprimento, são opostas e bipinadas, compostas por 25 a 30 pares de pequenos folíolos ovais delicados, de coloração verde-clara acinzentada, e se concentram na extremidade dos ramos. No inverno, o jacarandá-mimoso perde todas as suas folhas ou parte delas, que dão lugar às flores na primavera.




As suas flores são duráveis, perfumadas e grandes, de coloração azul ou arroxeada, em forma de trompete e arranjadas em inflorescências do tipo panícula. A floração se estende por toda a primavera e início do verão.




Os frutos são cápsulas lenhosas, muito duras, ovais, achatadas, com numerosas sementes. Surgem no outono, são lenhosos, deiscentes e contém numerosas e pequenas sementes. Podem ser são utilizados no artesanato para confecção de bijouterias.




Condições de cultivo:
Deve ser plantado em lugar que dê espaço suficiente para seu crescimento.

Solo e Rega: O Jacarandá prefere solos ricos, arenosos e bem drenados, mas apresenta grande tolerância à maioria dos tipos de solo, não resistindo ao sal. Deve ser irrigada de forma mais constante durante seus primeiros meses de idade até ela se adaptar ao novo local, após isto apenas humedecer o solo periodicamente em tempos de seca prolongada, para não deixá-lo ressecar.

Luz e Clima: requer plena exposição ao sol. Adapta-se a uma ampla variedade de locais, mas aprecia o clima subtropical. Quando jovem, não tolera frio excessivo, mas torna-se mais resistente ao frio com o tempo.

Reprodução/ Propagação : Multiplica-se por sementes. Não necessita podas ou qualquer tipo de manutenção. A poda desta árvore apenas deve ser feita para permitir a formação de um tronco central direito que garanta a estabilidade da árvore, sobretudo em zonas urbanas. Quando excessivamente podada a árvore lança ramos ladrões verticais deformando irreversivelmente a estrutura da copa.




É uma árvore maravilhosa e de grande valor ornamental pelo porte e delicadeza das suas folhas, cor e abundância das suas flores roxas brilhantes e é comumente utilizada no paisagismo de avenidas e parques.



Fontes: “Mundodeflores”, “Wikipedia”; “JardimdeFlores”,.”jardineiro.net”; “Flores guia”; “Floresnaweb”; outros
Fotos: Pessoais


Sem comentários:

Enviar um comentário

Topo